Fly Fishing Algarve - The Release!

Fly Fishing Algarve - The release!

The Release!

Why writing about such a theme? Well for me the answer is simple and clear!

Releasing and handling fish is something that should be done with care and respect!

Then GOD said, “Let us make mankind in our image, in our likeness, so that they may rule over the fish in the sea and the birds in the sky, over the livestock and all the wild animals,[a] and over all the creatures that move along the ground.” Genesis 1:26

These words are very clear and ruling doesn't mean disrespecting something! If men do not respect men, how can they respect nature?

I've seen on several occasions fisherman throwing fish to the ground, letting them suffocate so they can rush into the next cast and hook more and more... Well, I sadly must say I've been there myself!

Well, let me put it this way, by doing this not only is one harming fish but they are also reducing the quality of the very fish meat they want to eat. 

YES, when fish are stressed, and this happens during suffocation process obviously, muscle tissue breaks down reducing the quality of the meat!

This happens because stress and exhaustion raise lactic acid production in the muscles, this lowers PH, then enzymes action that break down protein is enhanced! 

They already had stress because of the fight, landing etc. KILL them asap if you want to take them home for lunch!

If you plan to release the fish make sure to keep the following in mind:

  1. Use barbless hooks only which allow easy removal and reduce handling time;
  2. Make sure you adjust your rod is adequate to the size of fishi you are targeting, longer fights increase fish stress and death rates;
  3. Reduce any physical contact with the fish as possible, make sure you don't stand while holding the fish so that if he falls down, the drop is small! If possible always hold the fish in the water;
  4. Time for the picture, make sure you gently lift the fish out of the water, no need to squeeze it, be smooth!
  5. If the fish is tired help him out by grabbing his tail and gently move him back and forth so water enters the gills!
  6. Let him go!

-----

 

Soltar o peixe! 

Porquê escrever sobre este tema? Para mim a resposta é simples e clara! 

Manobrar e soltar o peixe é algo que deverá ser feito com cuidado e respeito! 

"E disse DEUS: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se arrasta sobre a terra." Genesis 1:26

Estas palavras são claras, dominar não significa desrespeitar algo! Se o homem não respeita a sua própria espécie, como poderá respeitar a restante natureza? 

Testemunhei em diversas ocasiões pescadores atirando os peixes para o chão, deixando-os asfixiar para que pudessem lançar de novo e apanhar mais e mais... Lamento dizer que o fiz eu próprio em tempos! 

Deixe-me colocá-lo desta forma, ao fazer isto não está apenas a trazer sofrimento ao animal mas também a reduzir a qualidade da carne do peixe que deseja comer! 

SIM, quando o peixe é stressado, e isto acontece durante a asfixia como é óbvio, o tecido muscular rompe reduzindo assim a qualidade da carne! 

Isto acontece porque o stress e a exaustão aumenta a produção de ácido láctico nos músculos, isto diminui o PH, depois a acção das enzimas que quebram as proteínas aumenta! 

O peixe já teve stress suficiente durante a luta etc. MATE-O assim que o tirar da água se o quiser levar para o almoço. 

Se planear soltar o peixe esteja atento ao seguinte:

  1. Utilize sempre anzóis sem barbela que facilitam a remoção e reduzem o tempo com o peixe;
  2. Adapte a cana ao peixe que vai pescar, lutas extensas por utilização de canas muito inapropriadas aumentam o stress e taxa de mortalidade dos peixes; 
  3. Reduza o contacto físico com o peixe tanto quanto possível, certifique-se que se mantém abaixado para que em caso de queda, esta seja pequena. Permaneça dentro de água;
  4. Tempo para a fotogragia, eleve suavemente o peixe da água, não o aperte, seja gentil;
  5. Se o peixe mostrar sinais de cansaço ajude-o agarrando a barbatana caudal e mova-o para trás e para a frente por forma a facilitar a entrada de água nas guelras;
  6. Deixe-o ir!

Marco de São Vicente